• Captura de ecrã 2019-08-29, às 17.15.49.png
Notícias
  Quinta, 12 Setembro 2019

A candidatura do PSD às Eleições Regionais de 22 de setembro apresentou hoje o Programa Eleitoral do Partido para o Porto Santo.

Numa iniciativa realizada na sede local, Bernardo Caldeira afirmou que o PSD “é o único Partido que apresenta um programa concreto, com medidas concretas para o Porto Santo. Medidas essas, que serão integralmente cumpridas, como foram as medidas apresentadas em 2015”.

Economia e Turismo

O candidato salientou que este é “claramente um programa de continuidade” e que tem por objetivo fazer com que o Porto Santo continue a crescer economicamente e turisticamente, a melhorar o acesso à Saúde, a valorizar os seus produtos e também para que os porto-santenses continuem a pagar menos impostos e a beneficiar do aumento dos benefícios sociais.

“Queremos que o Porto Santo continue a política de Investimento Público. Queremos que o Porto Santo continue a baixar a Taxa de Desemprego. Se queremos continuar neste rumo certo, só o PSD dá a garantia de o conseguir, pelo exemplo da governação não só dos últimos 4 anos, mas dos últimos 43 anos.”

Bernardo Caldeira sublinhou que a” economia e o turismo são indissociáveis como pilares do desenvolvimento e progresso, pelo que o PSD propõe-se a continuar a reforçar o investimento na promoção turística do Destino Porto Santo, com o objetivo de atrair novos mercados, de modo a prolongar a época alta, contribuindo assim para o esbatimento da sazonalidade”.

O candidato afirma que o PSD trabalhará para a captação de novos investimentos, assumindo também como compromisso a criação de um pólo de formação direcionado para esta área, em articulação com a Escola de Hotelaria e Turismo da Madeira.

Agricultura

Na agricultura, e após a criação da Marca ‘Produto do Porto Santo’, o PSD pretende garantir a subsidiação do frete para exportação de todos os produtos com o Selo, como forma de acrescentar valor ao produto local e de divulgá-lo no exterior.

Ainda neste setor, será dada continuidade à melhoria progressiva da rede de retenção e distribuição da água de rega.

Saúde

Na saúde, o PSD quer continuar o apetrechamento, ao nível das especialidades clínicas do Centro de Saúde, diminuindo assim, cada vez mais, a necessidade de deslocação ao Funchal, assim como reforçar a presença da EMIR.

Ambiente

Na política ambiental, a prioridade é para a consolidação do Projeto “Porto Santo Sustentável – Smart Fossil Free Island”, com o objetivo de tornar a Ilha do Porto Santo mais amiga do ambiente e de a colocar num patamar de internacionalização, pelo interesse e curiosidade que todo este projeto está a despertar.

É também assumida pelo PSD a aposta nas medidas de proteção e combate à erosão da Praia do Porto Santo.

Área Social

Na área social, Bernardo Caldeira destacou dois compromissos, que disse serem “muito importantes e necessários”: O aumento de camas no Lar de idosos e a promoção de novos projetos de Habitação Social, além do alargamento do apoio domiciliário.

Transportes

A questão dos transportes foi também abordada, tendo o candidato referido o reforço das políticas de acessibilidade e de transporte de passageiros e mercadorias, de e para a Ilha do Porto Santo.

Investimento Público

á no que diz respeito ao investimento público, Bernardo Caldeira anunciou a ampliação e reestruturação do Porto e Marina, com vista a dotar esta infra-estrutura com todas as condições necessárias para ser promovida internacionalmente e colocá-la no roteiro dos veleiros, dos iates e mega-iates, e dos navios de cruzeiro.

O PSD pretende ainda requalificar um conjunto de infra-estruturas que carecem de intervenções, como por exemplo, a Lota, situada no Porto de Abrigo, o Parque de Campismo, a Fonte da Areia, o Miradouro da Portela e os Passadiços de Acesso à Praia, assim como a requalificação e expansão do Museu Colombo e reabilitação do Edifício Baiana.

“Estas são as bases programáticas e os pilares para que o Porto Santo continue a cumprir no rumo certo e que continue na senda do desenvolvimento e progresso”, disse o candidato, salientando que se trata de “um programa realista e exequível, mantendo-se o compromisso com a população”.

Um compromisso que foi também assumido pelo líder do partido num jantar/comício que teve lugar no Porto Santo, na última terça-feira, com casa cheia, em que Miguel Albuquerque se fez acompanhar do Secretário-geral, José Prada.